Conselho Regional de Biologia da 7ª Região - Paraná

boto prestao de contas

Compartilhar Edição

Bióloga brasileira entra para o ‘hall da fama’ da ONU por preservação de araras-azuis

Quarta, 17 Novembro 2021 11:11


A Bióloga Neiva Guedes (CRBio 6.476/01-D) entrou para o ‘hall da fama’ da ONU Mulheres – entidade das Nações Unidas para a igualdade de gênero e empoderamento das mulheres – por seu trabalho em prol da preservação das araras-azuis.

Neiva é uma profissional de referência nacional e mundial em pesquisa e conservação de psitacídeos, graças à sua dedicação na conservação da arara-azul (Anodorhynchus hyacinthinus) no Pantanal do Mato Grosso do Sul. Fundadora e presidente do Instituto Arara Azul, iniciou o trabalho de conservação da espécie há trinta anos, na época percorrendo sozinha vastas regiões para colher todo tipo de informação sobre a vida desse animal.

“Foi uma paixão que eu tive quando realizei um curso de Conservação da Natureza logo após minha graduação. Me tocou muito a fala do professor sobre a espécie estar ameaçada de extinção e então eu coloquei na cabeça que algo deveria ser feito. Passei a dedicar grande parte do meu tempo para reverter essa situação de ameaça de extinção. Busquei a literatura e pesquisei bastante, mas como não havia tanta informação eu teria que ir atrás na natureza mesmo”, afirmou a Bióloga em entrevista à edição nº 42 da revista BioParaná (confira a entrevista completa aqui).

A Bióloga tem se dedicado ao estudo da Ecologia e Biologia das araras, sensibilizando muitas pessoas para mantê-las livres na natureza.

Última modificação em Quarta, 17 Novembro 2021 11:17